Just another WordPress.com site


>

Sobrancelha – como corrigir falhas
Com acessórios adequados, técnicas personalizadas e habilidade é possível acertar, preencher e definir. Confira o que fazer ou não fazer nesta área tão delicada
Sobrancelha bem feita é tudo. É uma das maneiras mais fáceis de valorizar e equilibrar as formas do rosto, melhorando a expressão, e também a primeira etapa para um make-up irretocável, do mais básico ao fashion. Mas esse trabalho, que parece simples para muita gente, pede mãos habilidosas. Afinal, um errinho pode derrubar o visual todo. O ponto de partida para acertar a dupla é fazer uma análise da pessoa. Considerar a etnia, cor da pele e do cabelo, o formato dos olhos e a sua necessidade, como ampliar o olhar, por exemplo.

AQUI VOCÊ CONFERE O QUE FAZER OU NÃO FAZER QUANDO O ASSUNTO É SOBRANCELHA:

• Homem: tirar ou não tirar – Não só pode como deve eliminar os fiozinhos a mais que dão ar de cansaço e descuido. Não vale tirar demais ou modelar. “A dica é puxar um fio sim e outro não (dos excedentes, claro), para ninguém perceber que os pelinhos foram retirados”, ensina Roosevelt Vanini.

• Na mulher madura – Sobrancelha muito grossa envelhece o rosto, pois faz parecer que a pálbebra está caída. “Uma boa limpeza pode até adiar a cirurgia plástica”.

• Com pequenos defeitos – Deve-se limpar, sim, mesmo quando há marcas. Para o especialista existe diferença entre falha e pontos ralos. “A primeira é causada por queda ou cicatriz de acidente e até raspagem com lâmina. Nesse caso, o profissional deve tirar apenas em volta da falha, nunca muito próximo. Já os últimos são características das sobrancelhas que começam retas e depois se espalham, como a das orientais. Mas ao serem delineadas corretamente acaba-se com a sensação de que faltam pelinhos.

• Escuras demais – A solução é clareá-las com um truque de make-up: aplicar corretivo com pincel e bem de levinho para quebrar o escurão. Outra tática é usar tinta especial para cílios no tom próximo da raiz dos cabelos.

• Muito finas – “Vale a pena indicar estimulante de crescimento, e retirar o menos possível, para não afinar mais ainda”

Para iniciantes

Quem ainda não domina bem o assunto pode usar a regra geral ilustrada acima: colocar um lápis na lateral do nariz, imaginando uma linha vertical (A). O ponto de encontro com o supercílio indica o início. Depois, fazer uma reta
do canto do nariz à parte externa da íris (B), determinando o ponto de curvatura. Para saber onde a sobrancelha deve terminar, alinhar o lápis da parte externa do nariz à ponta externa do olho (C).

Outra dica para saber onde começa e onde termina a estrutura do supercílio: riscar com o lápis uma moldura na sobrancelha. O que ficar fora do contorno é excesso e deve ser removido.

(Conteudo encontrado na net….)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Tag Cloud

%d bloggers like this: